ISKCON Bahia
Sociedade Internacional para a Consciência de Krishna
Acarya fundador: Sua Divina Graça A. C. Bhaktivedanta Swami Prabhupada

Desaparecimento – Bhaktisiddantha Sarasvati Thakur

HOJE É O DIA do desaparecimento de SRILA BHAKTISIDDHANTA SARASVATI THAKUR – Mestre espiritual de Srila Bhaktivedanta Svami Prabhupada!
Seguem abaixo 25 pérolas de instruções de Srila Bhaktisiddhanta Sarasvati Thakura.

1. Somos colocados neste mundo para passar por testes e desafios, somente aqueles que frequentam o kirtana dos devotos podem ter sucesso.

2. Cada lugar da terra onde os discursos de Deus são mantidos é um local de peregrinação.

3. Possessão de objetos não relacionados com Krishna é a nossa principal doença.

4. Que me seja pemitido não desejar nada além do bem maior para os meus piores inimigos.

5. À medida que aumenta a relação do corpo com o luxo, diminui também o espírito de serviço ao Senhor.

6. Os que são favorecidos por Deus encontram os seus caminhos mesmo quando traçados por espinhos.

7. Não há paz ou felicidade em nossa vida mundana. As circunstâncias criam tumulto e aborrecimento.

8. Cante o Mahamantra alto e com apego. Isso vai afastar a inércia, os males do mundo e as pragas.

9. Seja indiferente às fofocas dos bazares, apegue-se firmemente aos seus objetivos queridos, sem falta ou impedimentos
O mundo sempre estará em seu caminho.

10. Preste os devidos respeitos aos favorecidos do mundo, mas não aprecie as suas maneiras e conduta. Eles devem ser afastados da sua mente.

11. Um devoto sente a presença de Deus em toda parte, mas um avesso ao Senhor nega Sua existência em qualquer lugar.

12. Você não pode apreciar os assuntos transcendentais com o raciocínio mundano. É pura tolice condená-los com o bastão da medida do seu intelecto.

13. Recitar o nome de Sri Krsna é bhakti.

14. A vida é para a glorificação de tópicos sobre Hari. Se isso for interrompido, então, qual é a necessidade de continuar a vida.

15. A doença física com Hari-bhajana é preferida à aptidão física sem o Hari-bhajana.

16. Nosso período de vida na terra é curto. Nossa vida será coroada de sucesso se o corpo se desgasta com discursos constantes sobre Hari.

17. Estamos aqui na terra não para trabalhar como artesãos para fazer grandes edifícios com madeira e pedra, mas para trabalhar apenas como mensageiros dos ensinamentos de Sri Caitanya Deva.

18. Um bajulador não é nem um guru nem um pregador.

19. Transformar os desejos adversos das jivas é o supremo dever dos mais misericordiosos. Resgatar uma pessoa da fortaleza de Mahamaya é um ato de soberba benevolência, muito superior à abertura de inúmeros hospitais.

20. A menos que sejamos devotados a Deus, o secularismo não nos deixará.

21. Olhe para dentro. Emende-se, em vez de intrometer-se nas fragilidades dos outros.

22. Neste mundo de Maya, avesso ao Senhor, cheio de provações e tribulações, apenas paciência, humildade e respeito pelos outros são nossos amigos para Hari-bhajana.

23. O Senhor Gaurasundara coloca Seus devotos em várias dificuldades e associações para testar sua paciência e força de espírito. O sucesso depende de sua boa sorte.

24. Quando as falhas dos outros desencaminham e iludem você – tenha paciência, pratique introspecção, encontre defeitos em si mesmo. Saiba que os outros não podem prejudicá-lo a menos que você se deixe prejudicar.

25. Eu desejo que toda pessoa altruísta e terna de Gaudiya Math esteja preparada para derramar duzentos galões de sangue para a nutrição do corpo espiritual de cada indivíduo deste mundo.

  • Srila Bhaktisiddhanta Sarasvati Thakura, o mestre [guru] de A. C. Bhaktivedanta Swami Prabhupada, nasceu [apareceu] na cidade de Jagannatha Puri [Sri Ksetra Dhama] a 6 de fevereiro de 1874 como filho de Srila Saccinanda Bhaktivinoda Thakura. Em sua infância ele rapidamente dominou as escrituras Védicas, memorizou o Bhagavad-gita, e saboreava as obras filosoficas de seu pai. Tornou-se conhecido como “A Enciclopédia Viva” devido a seu vasto conhecimento.  Aos 7 anos de idade [sim sete!] ele já tinha decorado todos os 700 versos do Bhagavad-gita e, ainda por cima, sabia apresentar um significado claro e perfeito para cada verso. Toda sua vida ele se dedicou 100% a atividades devocionais e ao estudo da filosofia védica.  Além de seu fenomenal sucesso de pregação na India, a maior contribuição de Srila Bhaktisiddhanta Sarasvati Thakura foi A. C. Bhaktivedanta Swami Prabhupada, que ele aceitou como discípulo e o inspirou a distribuir a consciência de Krishna no mundo todo. Srila Bhaktisiddhanta desapareceu do mundo mortal no dia primeiro de janeiro de 1937. Passou seus últimos dias lendo a coleção Sri Caitanya-caritamrta e cantando Hare Krishna em seu rosário [japa]. Quando um médico o visitou, querendo dar-lhe uma injeção, Srila Bhaktisiddhanta protestou: “Por que vocês me perturbam assim? Simplesmente cantem Hare Krsna, isto é tudo.” Entre suas últimas palavras a seus discípulos estavam estas:
    Aconselho todos a pregarem os ensinamentos de Rupa-Raghunatha [discípulos do Senhor Caitanya] com toda energia e recursos. Nossa meta última deverá ser tornar-nos a poeira dos pés de lótus de Sri Sri Rupa e Raghunatha Gosvamis. Finalmente, ele disse: “Por favor, aceitem minhas bençãos a todos vocês, presentes e ausentes. Por favor, tenham em mente que nosso dever e religião exclusivos é espalhar e propagar o serviço ao Senhor Krishna e à Seus devotos.”  Ele estabeleceu 64 templos, conhecidos como Gaudiya Mathas, dentro e fora da Índia.